Leeds: Loucos pelo Bielsa.

Spread the love
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O que Marcelo Bielsa tem de louco, tem de apaixonante. Leeds que o diga. Definido o acesso do Leeds para a Premier League, como não tratar do trabalho de seu treinador?

Marcelo Bielsa à frente do Leeds acaba de confirmar o título da EFL Championship e a promoção para a primeira divisão do futebol na Inglaterra.

A poderosa Premier League que conhecemos teve início recente, 1992. Antes o principal campeonato de futebol inglês era realizado pela Football League First Division, e seu último campeão foi, justamente, o Leeds United na temporada 1991 – 1992. O time do norte da Inglaterra já havia ganho o campeonato nacional também em 1968 – 69 e 1973 – 74.

O Leeds, de tantas outras conquistas (já foi foi campeão da Copa da Inglaterra, vice-campeão da Liga dos Campeões da UEFA etc) começou a dar sinais de declínio nos anos 2000 quando fez alguns empréstimos comprometedores, vendas mal feitas de jogadores, somada a desempenho técnico duvidoso. 

Na temporada 2003 – 04 acabou rebaixado para a Championship (segunda divisão) e ainda em 2004 precisou vender seu estádio e campo de treinamento!!!

Parecia o fundo do poço, mas não era. 

Acabaram mais um vez rebaixados e disputaram a League one (terceira divisão) na temporada 2006 – 07. 

Conseguiram retornar à segunda divisão em 2010 e nesta temporada retornaram à Premier League, sagrando-se campeões da Championship.

Agora, como o argentino de Rosário, Marcelo “El loco” Bielsa entrou nessa história?

Leeds United é comandado pelo técnico argentino Marcelo Bielsa
Foto: www.terra.com.br/esportes

Conhecido por seus métodos heterodoxos e de estilo ofensivo, o técnico dos técnicos, é admirado por treinadores e jogadores do mundo todo.

De fato, não é comum um questionário de 200 perguntas para jogadores  recém contratados sobre futebol, sobre a pobreza, além de filmes e livros favoritos. 

Os times de Marcelo Bielsa apresentam grande beleza ofensiva, mas é criticado muitas vezes por não ser mais “resultadista”. Termo incorreto aplicado aos seus times, pois é óbvio que resultados e títulos importam. Entretanto, o que norteia seu trabalho é a melhora construtiva de seus jogadores e, consequentemente, do seu time. Resta a paciência para a torcida e diretoria onde passa. 

Pep Guardiola já declarou sua admiração à Sky Sports “Minha admiração por Marcelo Bielsa é enorme, porque ele melhora muito seus jogadores. Nunca conheci um atleta que tenha trabalhado com ele e que não me falou coisas boas sobre ele”.

E com a chegada de Bielsa à Premier League, Pep postou em suas rede sociais “El mejor llega a la @premierleague”

Claro, que entre o prêmio Fair Play do ano ou o título nacional, imagino que a torcida prefira a segunda opção. Mas fez bonito o time do Leeds ao conquistar o prêmio de Fair Play da FIFA, em 2019, ao permitir o Aston Villa marcar um gol, pois perceberam que marcaram anteriormente o seu tento com um adversário caído, machucado.

Diferentemente de Lille da França, Bilbao da Espanha, o Leeds esperou colher os resultados. Após a última temporada em que o Leeds, desfilava e encantava na Championship, perdeu fôlego na reta final e acabou perdendo o acesso à Premier League nos playoffs para o Derby County de Lampard.

Em 2020, de novo com um futebol vistoso, após 16 anos, o Leeds retorna à primeira divisão inglesa, colhe os frutos do bom futebol, resultado das excentricidades de seu treinador que possui muito mérito nessa escalada.

Todos estão excitados e curiosos para ver como vai se portar o time agora enfrentando os bilionários times como City, Liverpool, United e cia.  

Phil Hay, setorista do Leeds pelo The Athletic se manifestou “É um prazer cobrir o Leeds. Mesmo nos tempos difíceis, é um ótimo clube para um jornalista. Mas os anos de Bielsa foram de longe os melhores.”

A cidade de Leeds que está em polvorosa com seu time (se orgulham de ser a cidade de um time só) e que já considera seu treinador como um deus. Que venha a Premier League.

Leeds, carajo! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>